Profissão: Garota de Programa

Não. Desta vez não me arrisquei a sentir na pele o ofício escolhido para a matéria (risos). Mas acompanhei até onde podia a jornada de uma garota de programa. Devo ressaltar que o nome citado na matéria é fictício, pois não é nossa intenção expor de maneira nenhuma a entrevistada. Conheci “Manu” numa terça-feira, combinamos nossa conversa, ela me recebeu muito bem e falou sem receio sobre o trabalho que faz.
A jornada começa às 21h, numa boate aqui em Catalão, e não tem hora para terminar, geralmente às 4h ou 5h da manhã. Aos sábados, trabalha somente até meia noite e folga no domingo. Quando ela chega na boate, já há cliente a espera de companhia. O primeiro passo é convidá-lo para beber alguma coisa, ela nunca leva um cliente para o quarto sem antes oferecer alguma bebida a ele, até porque ganha comissão para isso. A média é de quatro clientes por noite, depende do dia da semana.

Veja também:

  1. Profissão: Garota de Programa